• Criação do ministério dos povos originários

    O histórico Ministério dos Povos Originários

    A posse de Sônia Guajajara como ministra do Ministério dos Povos Originários foi recheada de emoção e simbolismo. Não por acaso, feita junto com a posse de Anielle Franco no Ministério da Igualdade racial. Por isso mesmo, reuniu negros, indígenas, quilombolas, ribeirinhos e toda essa gente que sempre esteve fora dos círculos de mando no país. Foi bonito de ver. No caso dos

    Ler mais

  • Bolsonaristas golpistas em invasão criminosa no Planalto

    Resumo da ópera golpista no Brasil

    Golpe Brasil – Nunca uma ação terrorista foi tão anunciada como a que aconteceu neste domingo em Brasília. Desde há semanas, as redes bolsonaristas mostravam a organização da marcha até a capital federal com o intuito de tomar o Congresso, o STF e o Planalto. Vídeos, material de propaganda, lives, tudo circulando sem qualquer pejo. Os acampamentos em frente aos quartéis serviram como

    Ler mais

  • Lula precisará contar a comunicação e transparência para obter sucesso em seu governo.

    O ecossistema informativo nacional no governo Lula

    O governo brasileiro que assumiu há poucos dias terá pela frente um desafio inédito na política nacional, porque seu sucesso dependerá mais da forma pela qual vai se comunicar com a população do que pela realização de projetos e obras. Parece um absurdo, uma incongruência, mas é uma realidade nova que reflete as mudanças em curso no modo como a informação e a

    Ler mais

  • Movimentos populares nas ruas para denunciar desmonte da política de habitação

    A resiliência política das bases populares

    A história da América Latina, como escreveu Eduardo Galeano, foi escrita com o sangue derramado pelas veias abertas de sua população. É uma história de resiliência, desde a resistência indígena à empresa colonizadora, passando pela rebelião dos africanos trazidos ao Continente como escravos, até as lutas por independência e soberania. Lutas de resistências e conquistas que a classe dominante insiste em ocultar, como

    Ler mais

  • aldous huxley

    Huxley: a essência do homem dominado pelo medo é a perda de sua humanidade

    Huxley – O ano é de 1948. As monstruosidades da Segunda Guerra Mundial e do nazi-fascismo ainda estão sendo contabilizadas. As barbáries do stalinismo, parcialmente conhecidas e o genocídio dos Estados Unidos em Hiroshima e Nagasaki denunciadas. Os ventos de uma nova Grande Guerra dita Fria, provavelmente a última por ser atômica, batiam às portas. O inglês Aldous Huxley, o mesmo que escrevera

    Ler mais

  • Dina Boluarte (foto) atuava como vice-presidente do país desde 28 de junho de 2021, quando foi eleita na chapa de Pedro Castillo.

    O drama dos peruanos e de toda América Latina

    Pedro Castillo – Para quem acompanha a realidade latino-americana desde há décadas, uma lição tem sido dada, recorrentemente: tentativas de mudança via eleições e conciliações não conseguem avançar de maneira significativa em nenhum lugar. Ou a própria classe dominante local/regional trata de estrangular as experiências ou o império estadunidense estende suas garras armadas para defender os seus interesses geopolíticos. É um eterno retorno,

    Ler mais

  • Nelson Rodrigues, o cronista do futebol brasileiro

    Nelson Rodrigues, o maior craque da crônica de futebol

    Ele na crônica escrevia à semelhança de Garrincha, que driblava para um só lado, e todos sabiam qual, mas ainda assim eram surpreendidos. Nelson Rodrigues foi, de longe, o maior e melhor excelso gênio da literatura de futebol no Brasil. Disse tudo? Não, disse menos. Quero dizer: o sonho de todo escritor, o de ser lido pelas massas, discutido por elas, sem cair um só milímetro da sua dignidade artística, o sonho de escrever para todos, esse possível um dia Nelson Rodrigues conseguiu. Disse tudo? Menos ainda, porque devo dizer: não conheço, na literatura mundial, alguém que tenha sido tão magnífico quanto Nelson Rodrigues na crônica esportiva.

    Ler mais

  • Postura antidemocrática e criminosa de apoiadores de Bolsonaro

    Ainda falta o terceiro turno

    A campanha bolsonarista foi abertamente criminosa. Perdeu, mas ficou impune. E seguiu naturalizando esse privilégio, nos posteriores deboches à norma constitucional. Como previsto, a sucessão de golpes que pariu o governo Bolsonaro tornou-o tão ilegítimo que o deslocou para fora do regime da legalidade. Assim termina o mandato. Talvez (ainda) não haja muito a fazer na seara governamental, pois o Congresso aliou-se ao

    Ler mais

  • Protestos contra Copa do Mundo de futebol no Catar e a violação de direitos humanos e discriminação.

    A Copa do Mundo e suas perplexidades

    Pouco antes da Copa do Mundo no Brasil, o IELA (Instituto de Estudos Latino-americanos) promoveu uma edição das Jornadas Bolivarianas tratando do tema dos megaeventos e seus impactos, tanto para a América Latina quanto para o mundo no que diz respeito a uma mirada de classe: ou seja, as consequências para os trabalhadores. Foi um momento muito bom para compreendermos como os países

    Ler mais

  • Lula anuncia a criação do Ministério dos Povos Originários. Na imagem, o presidente eleito aparece ao lado de lideranças indígenas.

    O Ministério dos Povos Originários

    A proposta do presidente eleito Luiz Inácio Lula da Silva de criar um ministério para os assuntos indígenas pode cumprir um importante papel na politização do tema indígena no Brasil, trazendo as demandas para o centro da luta de classes, articuladas também com as exigências dos trabalhadores. O governo de Jair Bolsonaro, já nos primeiros dias de mandato em 2019, tomou para si

    Ler mais

  • O papel da imprensa no esvaziamento das bolhas extremistas

      Ao invés de apontar um vencedor consensual, o resultado das eleições presidenciais acabou por escancarar a formação de bolhas extremistas. Tais bolhas constituem um enorme desafio não apenas para o presidente eleito, mas também para a imprensa, o jornalismo e os canais de comunicação, por onde flui a maior parte das informações que alimentam a polarização político-ideológica no país. Os veículos de

    Ler mais

  • O universo paralelo do fanatismo bolsonarista

    Fanatismo – Quem entra num grupo de discussão bolsonarista se depara com um torvelinho de alucinações. As mensagens que chegam tratam dos temas mais esdrúxulos. Há alertas sobre alienígenas do bem que estão na terra para guiar os humanos para a luz. Existem denúncias contra o Papa Francisco, que seria pedófilo e comedor de fetos. Há denúncias contra Obama que seria responsável pelo

    Ler mais

  • A cantora no show 'Gal a todo vapor', no Rio de Janeiro, em 1971

    A resistência de Gal Costa à ditadura civil-militar

    Faleceu na manhã de 9 de novembro (quarta), a cantora Gal Costa aos 77 anos Nascida na Bahia, Gal Costa foi sinônimo de resistência durante a ditadura brasileira. Muito ativa nos movimentos contra o governo da época, ela lutou contra a censura e por pautas sociais como a defesa dos direitos LGBT. Após o exílio de Caetano Veloso e Gilberto Gil, coube à

    Ler mais

  • A imagem mostra lula, cercado por apoiadores e evelhos adversários políticos do Brasil, que se uniram em prol da derrotar o governo Bolsonaro na eleição deste ano

    Brasil avermelhou

    Lula eleito – Depois de uma semana tensa, na qual um apoiador de Jair Bolsonaro feriu policiais com tiros e granada e uma deputada bolsonarista perseguiu um homem negro pela rua afora, armada de pistola, a população brasileira deu sua resposta. Era chegada a hora de colocar fim a um dos governos mais destrutivos da história do Brasil. Derrotar Bolsonaro e sua política

    Ler mais

  • Mentira como ferramenta eleitoral

    A imprensa ainda não sabe lidar com a mentira em campanhas eleitorais

    O episódio Damares Alves envolvendo supostas violências sexuais contra crianças na ilha de Marajó mostrou como o jornalismo e a imprensa brasileira como um todo estão desnorteados diante da normalização da mentira como ferramenta eleitoral. As declarações da ex-ministra da Mulher, Família e Direitos Humanos se mostraram tão fantasticamente inverossímeis que a maior parte do público leitor de jornais não se preocupou com

    Ler mais

  • Haiti vive grave crise

    Haiti: povo em luta, governo títere

    Haiti – Desde há semanas que a população do Haiti, principalmente a das grandes cidades, promove protestos, marchas e atos contra a inoperância do governo local, incapaz de organizar a vida e de dar resposta para a situação de violência extrema que se espalha pelo país com a ação de grupos armados. Há denúncias de violação de mulheres, falta de comida, transporte, novos

    Ler mais

  • Selma Neila, coordenadora da Ocupação Manoel Aleixo, candidata a suplente da candidata a senadora Vivian Mendes, pelo partido Unidade Popular

    Um dia na Ocupação Manoel Aleixo, em Mauá

    A repórter Zonacurva, Letícia Coimbra, visitou a Ocupação Manoel Aleixo, na Vila Bocaina, em Mauá, e conversou com Selma Neila, coordenadora desta e da Ocupação Antônio Conselheiro Selma diz que muitas pessoas escolhem priorizar a alimentação ou o aluguel, tal como ela precisou. “Tive que escolher, ou pagava água ou pagava luz, ou comia ou pagava o aluguel. E a gente sempre pagava

    Ler mais

  • Escritor José Falero, autor de Os Supridores

    José Falero e a literatura de combate

    Colaborou Letícia Coimbra O CONVERSA AO VIVO ZONACURVA do dia 15 de setembro recebeu o escritor José Falero, autor do romance “Os Supridores”, obra indicada ao prêmio Jabuti em 2021 e vencedor do prêmio Ages (Associação Gaúcha de Escritores) de livro do ano. O programa foi apresentado por Fernando do Valle, editor do Zona Curva.   Estudo dos livros de Falero nas escolas

    Ler mais

  • durante eleições no Brasil, pudemos constatar que o pensamento do bolsonarismo não é racional, é questão de fé, crença. Não adianta querer argumentar e trazer fatos. Na imagem,há uma pessoa coberta por um lenol vermelho, com desenho de foice e amrtelo cruzados, fantasiando do "fantasma do comunismo"

    Dois toques sobre a eleição no Brasil

    Eleições 2022 – Antes da eleição eu estava sentada lá no Elias, comendo um pastel. Sentou ao meu lado um homem e logo puxou conversa perguntando em quem eu iria votar. Não era um homem sem cultura formal, era um brasileiro médio, pequeno empresário e bem articulado. Respondi que não sabia ainda, para dar corda. Ele então começou a falar sobre as propostas

    Ler mais

  • Ex-presidente Lula

    “Nós vamos juntar os diferentes para vencer os antagônicos”, diz Lula

    Na tarde desta quarta-feira (dia 7 de outubro), o ex-presidente Lula reuniu-se com 16 senadores de 19 Estados e 12 governadores que o estão apoiando no segundo turno das eleições presidenciais contra Jair Bolsonaro. No encontro, que aconteceu em um hotel no centro da cidade de São Paulo, eles falaram sobre os desafios para a vitória do petista no segundo turno. Estavam presentes

    Ler mais

  • Indigenista Ricardo Rao escrachou Marcelo Xavier, presidente da Funai

    Indigenista Ricardo Rao conta como escrachou Marcelo Xavier

      Colaborou Letícia Coimbra O CONVERSA AO VIVO ZONACURVA teve o prazer de receber, pela segunda vez, o indigenista Ricardo Rao, que vive exilado em Roma devido às ameaças de morte recebidas durante seu trabalho no Maranhão. O programa foi apresentado por Fernando do Valle, editor do Zona Curva, e contou com a participação do advogado Roberto Lamari e Luis Lopes, do Portal

    Ler mais