• crimes ditadura militar

    Brasil precisa da CIA para confirmar que Geisel e Figueiredo foram mandantes de assassinatos

    por Fernando do Valle Triste o país que precisa de documento da CIA para confirmar que os ditadores Ernesto Geisel e João Figueiredo foram mandantes de assassinatos. Informados em 1974 por generais sobre o extermínio de 104 opositores à ditadura civil-militar durante o governo do ditador Médici, ambos resolveram prosseguir com a “política” de execução de brasileiros contrários ao governo. Ontem Matias Spektor,

    Ler mais

  • o que karl marx defendia

    Karl Marx e a Liberdade de Imprensa

    por Urariano Mota O jornal O Globo, entre outros, destacou: “Há 25 anos, a Assembleia Geral da ONU proclamou 3 de maio como Dia Mundial da Liberdade de Imprensa, em uma ação para conscientizar o mundo para a luta a favor do simples direito de informar — sistematicamente violado mundo afora, seja através de violência, intimidação, censura ou desinformação deliberada. Muito mudou desde

    Ler mais

  • judiciário brasileiro isento

    A escandalosa isenção do Judiciário brasileiro

    por Guilherme Scalzilli Lula é um prisioneiro político porque sua condenação visou tirá-lo de uma disputa eleitoral que ele venceria. As fragilidades da sentença desqualificam a natureza “comum” do julgamento. Os ritos processuais foram meras formalidades, com recursos praticamente ignorados e manobras para ceifar os direitos do réu. O esforço das cortes em seguir a agenda sucessória e o bloqueio de visitas no cárcere possuem idêntica

    Ler mais

  • sindicato necessidade

    Precisa-se de sindicato

    por Elaine Tavares Há um filme francês, “Dois dias, uma noite”, que conta a saga de uma mulher trabalhadora, demitida, e que precisa pedir a ajuda dos colegas para poder permanecer no emprego.  A proposta do patrão é de que ela convença os colegas a abrir mão de um bônus. Assim, em vez de pagar o bônus aos demais trabalhadores ele a manteria

    Ler mais

  • Nossos dilemas diante da desinformação eleitoral

    por Carlos Castilho Nosso principal dilema até as eleições presidenciais deste ano não será a escolha de candidatos, mas como separar as informações distorcidas ou falsas das que podem ser consideradas confiáveis. Teremos que nos preocupar mais com números, fatos e eventos do que com siglas e nomes, na hora de decidir como e em quem votar. Até outubro, estamos condenados a viver

    Ler mais

  • Grândola Vila Morena

    Grândola Vila Morena, a canção que embalou a Revolução dos Cravos

     por Fernando do Valle A canção Grândola Vila Morena foi escrita por Zeca Afonso em 1964 e lançada no álbum “Cantigas de maio” em 1971. Grândola tornou-se símbolo da Revolução dos Cravos que libertou Portugal da ditadura em 25 de abril de 1974. O regime de exceção em Portugal durou 41 anos, de 1933 a 1974. Durante o período, Portugal viveu boa parte

    Ler mais

  • simon-bolivar américa unida

    Unasul: golpeada a proposta de um bloco na América Latina

    por Elaine Tavares A generosa ideia de Hugo Chávez, inspirada em Bolívar, de criação da União das Nações Sul-americanas (UNASUL) está se esboroando. Com a decisão de Argentina, Brasil, Chile, Colômbia, Peru e Paraguai de saírem da organização, a construção de um bloco de poder autônomo e soberano perde força. E, perdendo força, cresce o poder dos Estados Unidos sobre os países do

    Ler mais

  • web mudanças

    Grandes redes sociais acabam com o sonho idílico de uma internet livre

    por Carlos Castilho Quem viveu o surgimento da internet foi inevitavelmente contaminado pela perspectiva de um novo mundo virtual onde a livre criatividade era o grande apanágio de uma nova era. Todos os que estavam desiludidos com a mesmice informativa dominada pelos grandes conglomerados midiáticos foram contagiados pelas possibilidades oferecidas pela rede mundial de computadores para que cada um de nós pudesse criar

    Ler mais

  • Regime judicial de exceção

    por Guilherme Scalzilli  STF já flertava com a ideia de excepcionalidade jurídica durante o julgamento do “mensalão”. Ela serviu como base de um acordo tácito entre os ministros, dando-lhes uma justificativa oportunista ao desprezo por provas materiais, ao viés condenatório e ao histrionismo inquisidor de Joaquim Barbosa. Todos imaginavam que seria algo passageiro, suficiente para impedir a reeleição de Lula. Assessor de Rosa Weber

    Ler mais

  • Desigualdade social: Ricos ganham 36 vezes mais que os pobres no Brasil, segundo IBGE

    Desigualdade social no Brasil – Em 2017, os integrantes de 1% da população brasileira com maior renda receberam 36 vezes mais (R$ 27.213) do que o rendimento médio dos 50% da população com os menores rendimentos (R$ 754). Na região Nordeste, a proporção é ainda mais alta: 44,9 vezes. Os dados foram divulgados ontem pela Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua realizada

    Ler mais

  • lula prisão

    O golpe preventivo contra Lula

    por Guilherme Scalzilli O empenho institucional para viabilizar a prisão de Lula destoa da insignificância da sua base condenatória. Somando as esferas e os recursos comprometidos com a aventura, não deixa de ser curioso que tenham sido incapazes sequer de especificar as circunstâncias do crime. Mas é chocante verificar que isso não fez diferença no resultado final. As coincidências arbitrárias do projeto suplantam os

    Ler mais

  • O jornalismo é uma forma de ativismo?

    por Carlos Castilho Os manuais de redação respondem a pergunta com um rotundo e enfático não. Mas a realidade e o quotidiano dos jornalistas mostram o contrário. Há um ativismo jornalístico na defesa da democracia, da não violência, da igualdade de gênero e na condenação à discriminação racial, religiosa e cultural. Então porque o discurso oficial das empresas jornalísticas e dos manuais que

    Ler mais

  • lula onu

    Lula recorre a ONU para evitar prisão

    A defesa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva entrou com um pedido de liminar no Comitê de Direitos Humanos das Nações Unidas, com sede em Genebra, no qual pede que o órgão solicite ao governo brasileiro que impeça a prisão dele até que se esgotem os recursos contra sua condenação em todas as instâncias da Justiça. Os advogados Cristiano Zanin, Valeska Zanin

    Ler mais

  • Não há direito à comunicação e à informação veraz no capitalismo

    por Elaine Tavares Uma coisa precisa ficar muito clara: no modo capitalista de produção não há espaço para o direito à comunicação das gentes. Desde que se consolidou esse sistema de busca na comunicação massificada apenas se consolidou uma forma de manipular as informações e formar consciências mansas para a dominação.  Lá nos albores do capitalismo, o escritor francês Honoré de Balzac, no

    Ler mais

  • Jovens para sempre ou a danação da juventude

    por Albenísio Fonseca Filhos de casais separados ou de mães solteiras como chefes de famílias, boa parte dos jovens brasileiros são verdadeiros rebeldes sem causa ou, paradoxalmente, cheios delas. Esta juventude – e considere-se aqui uma faixa etária entre 15 e 27 anos – foi tolhida em algumas das suas mais vitais capacidades para oferecer contribuições eficazes, seja na resolução de suas vidas,

    Ler mais

  • marielle franco morte

    O uso político da informação na cobertura do assassinato de Marielle Franco

    por Carlos Castilho A manipulação e enviesamento de informações começam a configurar um fenômeno político cuja eficiência e resultados podem determinar o rumo futuro de eventos que por suas dimensões e transcendência são podem provocar uma ruptura social e institucional. É o que ficou evidente na análise dos desdobramentos do assassinato da vereadora carioca Marielle Franco (PSOL) no dia 14 de março. A

    Ler mais

  • A morte de Marielle e outras mortes

    por Marceu Vieira Quando eu era criança, lá em Morro Agudo, sempre que alguém era assassinado, e volta e meia isso acontecia, a mãe da gente limitava ao quintal de casa a área pra criançada brincar. A rua, o campinho, o beco, tudo mais além do portão se tornava zona de grande perigo, segundo elas. Até que o medo se dissipasse, a vida

    Ler mais

  • trabalho marx

    A desumanização do trabalhador

    por Elaine Tavares Para o capital, o trabalhador é um não-ser. E, não sendo, não precisa de cuidado, nem de nada. Sua função, nesse modo de produção, é gerar lucro para um grupo muito pequeno da sociedade. E ponto final. Se ele morre, outro o substitui. É uma peça na máquina. Uma mercadoria, como outra qualquer, que pode ser adquirida a preço muito

    Ler mais

  • O jornalismo no salve-se quem puder da desinformação em escala planetária

    por Carlos Castilho A sensação de incerteza e desorientação que nos contamina a cada grande acontecimento midiático, se tornou, agora, um fenômeno permanente no jornalismo da era digital. Isto porque cresce a tendência ao uso das ferramentas de desinformação para obter prestígio e seguidores num mercado informativo onde a visibilidade pública é condição básica para a sobrevivência profissional e pessoal. Governantes, políticos, empresários

    Ler mais

  • Capitalismo é religião?

    por Frei Betto O capitalismo é uma religião? Parece que sim. O Vaticano fica no FMI e no Banco Mundial, cujas ordens dali emanadas devem ser religiosamente respeitadas. Roma, em Wall Street. O papa, o presidente do Federal Reserve Bank, banco central dos EUA. O apóstolo Paulo, Adam Smith. Entre seus teólogos se destacam Locke, Keynes, David Ricardo, Hayek e Friedman. A teologia,

    Ler mais

  • Narrativas e simbologias da condenação de Lula

    por Guilherme Scalzilli O acórdão do TRF-4 que condenou Lula reúne duas narrativas fortes e complementares. De um lado, o retrospecto de eventos criminosos imputados ao réu, tecendo as delações e os indícios materiais em função de um raciocínio preestabelecido. De outro, o programa ético que permitiu à corte ignorar os desvios morais e legais usados na construção dessa retórica e na busca

    Ler mais